Primeira entrevista de emprego

Como se comportar em uma entrevista de emprego

Após entregar o currículo para o primeiro emprego, Joãozinho (personagem fictício dessa história) é convidado para a segunda etapa do processo seletivo: a entrevista. Assim que finaliza a leitura do e-mail, ele fica nervoso. As mãos começam a suar e o profissional sente dificuldades até para dormir. 

Você se identificou com a história de João? Se a resposta for positiva, continue lendo este artigo. Aqui, vamos mostrar algumas dicas importantes para que você aprenda como se comportar em uma entrevista de emprego. 

Provavelmente, após a leitura deste conteúdo, você estará mais confiante para encarar o desafio.

Duvida? 

Então, continue lendo este artigo e tire todas as suas dúvidas. 

Você vai me agradecer depois. 

Seja pontual 

Vamos iniciar as nossas dicas falando sobre a importância da pontualidade. Sabemos que imprevistos ocorrem, especialmente nos grandes centros. Uma dica interessante é sempre avisar ao recrutador que vai atrasar. Esse tipo de atitude mostra respeito pelo profissional. 

Além disso, o comportamento do candidato é avaliado em todas as interações com a empresa. Quem não informa sobre o atraso pode transmitir uma imagem de desleixo e falta de organização. 

Mantenha a calma 

O nervosismo é comum em uma entrevista de emprego, especialmente para os profissionais que buscam a primeira oportunidade no mercado de trabalho. Porém, a falta de controle emocional pode até eliminar um candidato em um processo seletivo. 

Para lidar com esse problema da melhor forma, faça um planejamento para evitar atrasos.. Além disso, pesquise detalhes sobre a história da empresa e a vaga que está concorrendo naquele momento. Quanto mais preparado, mais tranquilo estará para o grande dia. 

A etapa da entrevista pode ficar ainda mais fácil quando o candidato tem uma noite de sono tranquila e mantém o pensamento positivo diante das dificuldades. 

Use o tom de voz ao seu favor 

Outra dica interessante é fazer uma pausa antes de responder uma pergunta. Isso é essencial para organizar os seus pensamentos e evitar deslizes no meio do discurso. Neste momento, cinco segundos é o suficiente. Inicialmente, pode ser um período longo, mas mostra ao recrutador que você teve um cuidado especial para construir a resposta. 

Destaque as soft skills

Grande parte das pessoas confundem os conceitos de hard skills e soft skills. O primeiro se refere a avaliações que são feitas com base em cursos com livros ou apostilas. 

Já as soft skills são as habilidades que estão presentes em nossa rotina, no relacionamento com outros membros da equipa e na conduta profissional. Conheça abaixo quais são as mais exigidas no mercado de trabalho. 

  • Flexibilidade: saber se adaptar às mudanças;
  • Trabalhar sob pressão: gerenciar estresse sem perder o foco;
  • Comunicação eficaz: ouvir atentamente e se comunicar de maneira clara;
  • Orientação para resultados: atingir o resultado final da maneira mais eficaz possível;
  • Liderança de equipe: saber como motivar e engajar grupos. 

A forma como o profissional se comporta durante a rotina de trabalho é valorizada pelos recrutadores e supervisores da empresa. Então, sempre que possível, busque aperfeiçoamento nessas habilidades. Ao destacar as suas características no processo seletivo, provavelmente, terá mais chances de conseguir uma vaga no mercado de trabalho.

Controle a comunicação verbal 

Sem dúvidas, a comunicação verbal é um dos pontos mais importantes durante uma entrevista de emprego. O recrutador precisa entender as informações com clareza. Caso contrário, terá dificuldades em aprová-lo no processo seletivo. 

Neste momento, procure manter um tom de voz equilibrado. Evite falar muito alto ou muito baixo. 

Você também deve ser objetivo e conciso. Para não ultrapassar o tempo disponível, foque somente nas experiências que são relacionadas à vaga. 

A linguagem corporal é outro item que o candidato precisa observar na entrevista. Evite roer as unhas ou olhar para o lado a todo o momento. Para mostrar confiança e autoridade, olhe nos olhos do recrutador. Os gestos também são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma natural. 

Veja no vídeo abaixo alguns exemplos de como a linguagem corporal pode comunicar pensamentos e sentimentos.

Este vídeo possui legenda em vários idiomas, mas se você tem dificuldades para entender conteúdos em outro idioma e tiver interesse em aprender inglês, veja este conteúdo de como aprender inglês grátis e sozinho. 

Cuidado com as respostas difíceis

Um dos momentos mais complicados durante a entrevista é quando o profissional de Recursos Humanos pergunta para o candidato sobre as suas experiências. O desafio é ainda maior para as pessoas que buscam pelo primeiro emprego. 

Não tente inventar respostas e nem tente falar sobre coisas que não tem domínio. As vezes o processo destas perguntas é mais para ver seu comportamento do que a própria resposta em si.

Para se destacar, recomendamos listar as conquistas mais importantes da sua vida. Aqui, vale citar um estágio, cursos, trabalho voluntário e intercâmbio.

Se a vaga é destinada para auxiliar administrativo, por exemplo, um curso de digitação pode fazer a diferença. 

Testes técnicos podem acontecer

Tente procurar quais são as etapas do processo seletivo, por exemplo, pode vir a ter um teste técnico, como uma redação, um planilha de Excel, um teste comportamental ou até mesmo uma dinâmica de grupo.

Você pode se preparar melhor com livros, artigos e blogs que tratam sobre o assunto. Conheça abaixo quais são os testes técnicos mais frequentes em processos seletivos

  • Testes de habilidades;
  • Teste de raciocínio lógico;
  • Testes técnicos da área;
  • Testes psicológicos de recrutamento e seleção;
  • Testes de aptidões sociais;
  • Testes de capacidade de desenvolvimento do candidato;
  • Testes de perfil comportamental;

Priorize sempre a verdade 

Nunca é demais lembrar o quanto a verdade é fundamental em todas as etapas do processo seletivo. Uma informação falsa pode eliminar o candidato imediatamente. Mesmo que uma pessoa tente enganar o recrutador, os dados serão investigados, seja por meio de pesquisas ou testes.

Feche a entrevista com chave de ouro

Ao final da entrevista, deixe claro para o recrutador que você considera a vaga ideal para o seu perfil e que está muito interessado no cargo. Lembre-se de perguntar qual será a próxima fase do processo seletivo e quando você terá uma resposta sobre a etapa atual. 

Por fim, agradeça pela oportunidade e pelo tempo que o profissional se dedicou para ouvir detalhes sobre a sua história. 

Evite os erros mais comuns na entrevista de emprego

Existem alguns erros que não podem ocorrer em uma entrevista de emprego, independente da empresa, cargo, cidade e área. Então, anote os principais pecados capitais e não caia em cilada. 

  • Dar respostas vagas;
  • Não prestar atenção nos detalhes do Job Description;
  • Não saber as informações sobre a história e a cultura da empresa;
  • Não tomar cuidado com a postura;
  • Não saber o que falar sobre o seu perfil, ou seja, pontos fortes, pontos fracos, entre outras informações. 

Dica bônus: com o isolamento social causado pelo novo coronavírus, muitas empresas estão adotando a entrevista por telefone. Para não ser surpreendido com esse tipo de abordagem, esteja preparado para qualquer modelo de entrevista; cuide da postura e do tom de voz; ouça com atenção; responda com calma e tire todas as suas dúvidas. 

Se uma vaga ou um programa de trainee exige habilidade com digitação, procure um cursos na internet e treine todos os dias. Além de executar essa tarefa com agilidade, o profissional precisa ter atenção com a postura do corpo, posição dos dedos e outros elementos importantes. 

A Digitow é uma das empresas mais conhecidas do mercado quando o assunto é teste ou curso de digitação. Vale a pena conhecer os recursos que a ferramenta têm disponível para os alunos. 

Aqui, mencionamos as dicas mais importantes para uma entrevista. É fundamental deixar claro que a participação em um processo seletivo faz parte de um aprendizado. Nem sempre garantimos uma vaga logo na primeira tentativa. A regra é não desistir e buscar novos conhecimentos. 

Após descobrir como se comportar em uma entrevista de emprego, conheça quais são os melhores cursos profissionalizantes para ajudá-lo no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta